fbpx

Como evitar a obesidade infantil [Método Eficaz]

A epidemia de obesidade que assola a maioria das pessoas adultas não demorou para encontrar seu caminho até as crianças. Sendo assim a obesidade infantil se tornou um problema bastante real e com consequências sérias.

Infelizmente muitos dos pais não estão preocupados em se preparar para resolver a crise. A maioria não busca um livro, um médico e nem um curso de obesidade infantil. E então acabam só se voltando para a gravidade do problema quando é tarde demais. Não queremos que isso aconteça com você.

Perigos da obesidade infantil

Antes de mais nada é importante notar que se você veio até aqui preocupado com o assunto, parabéns. Espero que não seja porque a situação tenha chegado a um extremo. Mas mesmo neste caso ainda digo que antes tarde do que nunca.

Uma criança, tirando raros casos de doenças metabólicas, não fica obesa por conta própria. Ela não possui sua consciência bem formada, então é normal que sigam suas vontades, se os pais não colocarem freios é normal que este destino trágico aconteça.

Seja como for o problema deste excesso descontrolado de peso pode acarretar sérias consequências para a criança.

Os principais são doenças respiratórias, como asma e apneia, que reduzem muito a qualidade de vida da pessoa. Em segundo lugar as disfunções do fígado, que se torna totalmente sobrecarregado.

Mas o que realmente começa a atrapalhar a criança são os problemas com articulações e coluna. Várias dores e deformações podem aparecer, principalmente atrapalhando o crescimento.

E por fim vale notar os fatores cardíacos que são de maior risco. Embora crianças dificilmente tenham problemas como infarto e derrames, a possibilidade não está fora do papel. Até porque elas podem estar cultivando isto para mais tarde.

Causas comuns

O melhor remédio neste caso é definitivamente a prevenção. Então minha recomendação é que você tenha bastante bom senso na hora de escolher como combater o problema. Extermine ele pela raiz.

Normalmente a causa principal que leva uma criança à obesidade é a alimentação descontrolada. Crianças em si costumam ter um metabolismo acelerado que processa toda a energia que elas comeriam com o apetite normal.

Infelizmente a indústria alimentícia cria a cada dia mais doces e salgadinhos apetitosos, que fazem uma verdadeira festa de sabor na boca de uma criança. Elas ainda não possuem idade para um autocontrole efetivo, então irão comer enquanto aguentarem.

Muitas vezes fora de hora e muito depois de terem perdido a fome. Os quilos são ganhos de maneira progressiva, e até mesmo estimulados por alguns pais como saúde. O que é um erro muito comum.

Outro fator que contribui bastante é o sedentarismo. Com a verticalização das cidades é cada vez mais comum ver uma criança presa o dia inteiro dentro de casa. Assim ela tende a ter menos atividades físicas e aposta mais em brinquedos eletrônicos.

Celulares, vídeo games, computadores e televisão são verdadeiros imãs de atenção que podem prender a criança por horas. Isto faz com que ela não tenha noção e acabe ficando o dia inteiro sentada.

Energia não gasta se transforma em gordura acumulada, o que é péssimo para toda a saúde da criança.

A ansiedade ou depressão também podem ser problemas que afetam diretamente os hábitos das crianças. Então situações complicadas como divórcio ou luto podem ser pesados demais para ela.

O melhor é tentar trabalhar para você fazer com que ela supere o problema o mais rápido possível. E não tem saída, procure ajuda profissional!

E claro, se seu filho possui algum problema hormonal o melhor que pode ser feito é ir a um endocrinologista que seja pediatra. Este é o tipo de pessoa que terá capacidade completa para cuidar dos problemas que seu filho pode apresentar.

Como evitar a obesidade infantil

Bom, você precisa aprender a combater este problema o mais rápido possível. Um dica é procurar sempre informações de fontes seguras, sejam de livros de especialistas, ou um curso de obesidade infantil, e principalmente indo até um médico para fazer exames de rotina.

Nossa recomendação é que você utilize métodos preventivos, sendo a alimentação saudável o primeiro deles. Muitas crianças que já se acostumaram a comidas industrializadas podem ter suas dificuldades.

Mas este caso é um pouco fácil de contornar, lembre-se que você manda na casa, e também pode utilizar a criatividade para ajudar. Tente esculpir pequenos animais com frutas. É mais divertido do que parece e ele vai adorar.

Por outro lado também é importante notar que colocar limites e evitar beliscar entre as refeições é crucial. Por isso esconda potes de biscoitos ou semelhantes. Tire tudo do alcance deles.

Estimule atividades ao ar livre, principalmente aquelas com o maior número de movimentações possíveis. E para isto você deveria estar presente. Se não for possível pode contar com a ajuda de uma creche ou instituições profissionais.

Se a criança já tem idade, contrate uma escola de natação ou de futebol. Tente colocar ela em algum esporte. Elas irão achar divertido na maioria das vezes e ainda vão conseguir se manter ativas.

Em casos mais extremos o melhor mesmo é contratar um profissional que seja preparador físico. Afinal de contas você vai precisar de exercícios personalizados, mas isto para crianças que já estão em um nível avançado de obesidade.

Por último é importante estabelecer limites para as atividades eletrônicas. Esconda ou coloque senha se necessário. Só deixe a criança usufruir disto em horários pré determinados e por momentos fixos.

Conclusão

O combate não é fácil, isso é uma certeza. Mas pequenas atitudes mudam o jogo facilmente, já que as crianças têm a tendência a se regular quando em uma rotina saudável.

E não se esqueça de fazer um acompanhamento médico regular, isto é extremamente necessário para você ter um bom resultado e prevenir esta e outras doenças. Qualquer dúvida que você tiver sobre o assunto é só contar com a gente.

Basta deixar aqui nos comentários, que assim que der estarei respondendo, ok? Senão pode me chamar também pela página de contatos do site.

No mais é isso, muita saúde para você e sua família!Este texto foi originalmente escrito pela equipe do blog Certificado Curso Online, onde você pode encontrar diversas informações sobre vários assuntos.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.