fbpx

Ana Paula, mãe do Arthur, 5 meses

Ana Paula, mãe do Arthur, 5 meses

Depoimento Ana Paula, mãe arthur

Eu tive minha primeira filha há oito anos e confesso que demorei para engravidar novamente em razão do cansaço decorrente das noites maldormidas.

Quando o Arthur, meu segundo filho, nasceu, desde o início pensei em procurar uma especialista e começar a ensiná-lo a adormecer sozinho desde cedo, pois encontrava resistência no meu marido para tentar implementar qualquer método sozinha. O Arthur mamava muito mais que minha outra filha e durante um período trocou a noite pelo dia – ou seja, mamava de madrugava e ficava acordado às vezes por 1 hora até 2 horas antes de dormir de novo – além disso ele dormia extremamente cedo, até por volta das 18 horas, mas antes de amanhecer já estava acordado. Achei que com dois meses melhoraria, contudo não foi o que aconteceu. Embora ele às vezes dormisse 5, 6 horas direto, depois acordava de hora em hora, algumas noites ele acordava 9 vezes e quando passou do meu quarto para o quarto dele, com três meses, eu fui junto para o colchão ao lado para pegá-lo antes dele acordar o resto da família. E essa minha estadia no colchão perdurou por mais tempo que eu imaginava (pretendia sair quando ele acordasse somente 2 vezes na noite e isso não acontecia).

Acabei encontrando a Michele e conversamos sobre o plano de sono quando o Arthur estava com 5 meses. Expliquei a situação e que voltaria a trabalhar quando ele completasse 6 meses, então precisava que ele dormisse melhor. Iniciamos o plano de sono quando entrei com a alimentação sólida, frutas, junto com a amamentação e confesso que não tinha muita esperança de resultados bons. Para minha surpresa na primeira semana, ou melhor, nos primeiros dois dias, o Arthur já adormeceu fora do peito e logo em seguida, poucos dias depois, já adormecia sozinho no berço (para mim um milagre) sem que tivesse que deixá-lo chorar sem a minha presença; na verdade depois do ritual do sono ele estava tão cansado que adormecia facilmente. Ele ainda permaneceu acordando para mamar 2 vezes na madrugada por bastante tempo (o que para mim já era muito bom) e assim que a alimentação sólida ficou completa com o jantar, consegui tirar uma mamada e depois finalmente quando completou 7 meses ele já dormia a noite toda das 20 horas às 6 horas da manhã, adormecendo sozinho no berço no quarto escuro sem a minha presença e acordando no berço brincando. Sei que terei noites difíceis de vez em quando mas agora sei como agir. A Michele sempre foi muito atenciosa e paciente. Só tenho que agradecê-la por toda a atenção e carinho recebidos durante esse período!

O investimento na consultoria é baixo perto do retorno que uma noite tranquila do bebê trás para toda a família! Recomendo a todas as mães o Maternity Coach!

TAGS:
0 0

Todos os direitos reservados à Maternity Coach. CNPJ 25.462.996/0001-88 • Mantido por FAPNET
Fale no WhatsApp