fbpx

Nosso blog

Inspire-se nas nossas dicas para o seu filho!

Regressões de Sono – O que você precisa saber para passar por elas!

Neste mês de janeiro vamos fazer uma série de 3 textos sobre as regressões de sono. Neste primeiro, vamos mostrar quando elas acontecem mais frequentemente e como o comportamento do seu filho pode mudar.

Nos próximos textos falaremos sobre como identificar se é apenas uma fase ou se seu filho adquiriu um hábito ruim de sono e passou a acordar mais e como diferenciar estes dois comportamentos.

De repente seu filho que sempre dormiu bem começou a apresentar dificuldade para dormir de dia, resistência e choro para adormecer de noite e ainda passou a acordar de madrugada. Isso é desesperador. Nossa experiência com bebês, mostra que estas regressões acontecem quase sempre na mesma época de vida dos pequenos:

– Regressão dos 4 meses: uma das mais difíceis para as famílias já que o bebê é muito pequeno, muitos pais nunca passaram por aquela experiência e não sabem como agir. O bebê que acordava apenas para mamar passa a apresentar muita dificuldade para entrar e manter o sono. Isso pode ser uma fase, que deve durar 2 ou 3 semanas.

– Regressão dos 8 meses: esta é a regressão de sono mais longa da vida do bebê. Ela geralmente acontece aos 8 meses, mas também pode acontecer aos 9 ou 10 meses. É associada a grande quantidade de aprendizado do bebê nesta fase. Ele quer praticar, ficar sentado, engatinhar, balbuciar, gritar. Tudo menos dormir. Ela pode durar de 3 a 4 semanas e se tornar uma fase extremamente difícil para os pais por causa do cansaço.

– Regressão dos 12 meses: geralmente percebemos esta regressão mais para o sono do dia. O bebê começa a chorar e negar uma ou mesmo as duas sonecas que faz por dia, ficando exausto e irritado no fim da tarde. Esta regressão dura de 1 a 2 semanas.

– Regressão dos 18 meses: normalmente o bebê passa a fazer uma soneca nesta fase e como já consegue andar com mais facilidade, nem mesmo uma soneca no meio do dia ele quer fazer. A recusa é grande, os despertares noturnos também podem acontecer e o bebê testa bastante os limites dos pais na obediência e disciplina. Dura de 1 a 2 semanas.

– Regressão dos 2 anos: o bebê geralmente começa e dormir mais tarde, testa bastante os limites dos pais, fazer birra é algo constante e a soneca do dia também pode ser difícil. Escrevemos mais sobre isso no blog Mamãe Plena neste artigo.

Muitas vezes é durante uma regressão de sono que seu filho perde os bons hábitos de sono e, passando a fase mais difícil, é necessário retomar as regras para conseguir manter um sono de qualidade. Minha sugestão é sempre observar alguns dias e atuar no sono se nada melhorar, analisar profundamente o comportamento do bebê para descobrir o que deve ser feito e com carinho, paciência e as técnicas corretas, ajustar o sono o mais rápido possível.

Além destas regressões existem outras fases difíceis nos primeiros dois anos de vida da criança. Perto dos 7 ou 8 meses pode acontecer a ansiedade de separação, picos de desenvolvimento e a fase de dentição. Um sono de qualidade pode ajudar muito a passar por estas fases com mais tranquilidade.


Todos os direitos reservados à Maternity Coach. CNPJ 25.462.996/0001-88 • Mantido por FAPNET
Fale no WhatsApp