fbpx

Por que, quando e como estabelecer uma rotina

A ideia de estabelecer uma rotina pode soar como algo muito bom para muitas famílias e como uma prisão para outras.

E está tudo bem, mas depois de muitos anos de experiência ajudando as famílias com o sono das crianças, consigo ver que há enormes benefícios em estabelecer uma rotina para apoiar esse sono.

estabelecer uma rotina

Por que estabelecer uma rotina – benefícios

Não temos que pensar em estabelecer uma rotina como forma de controle dos pais, mas sim no bem-estar da criança.

Geralmente bebês adoram previsibilidade, isso traz calma, tranquilidade, e ajuda na regulação do ritmo circadiano.

Todos nós temos um relógio biológico, que vai amadurecendo de acordo com o crescimento. Quando a criança tem uma rotina, os pais são capazes de interpretar este relógio, e muitas vezes conseguem se antecipar às necessidades da criança – sem a necessidade de esperar que elas chorem para “pedir” alguma coisa.

A rotina pode ser baseada nesse relógio biológico natural do bebê, e certamente será muito mais fácil colocar para dormir (tanto no sono noturno quanto nas sonecas) se as crianças estiverem biologicamente preparadas.

Além disso, se a criança chora e não está na hora de dormir ou comer, os pais podem procurar outras pistas do que pode estar acontecendo com a criança naquele momento.

Então existem benefícios claros em estabelecer uma rotina.

Para os pais: ter um tempo livre (certo) dentro do dia, entender a necessidade da criança, se antecipar ao caos do choro e efeito vulcânico, maior facilidade em iniciar um cochilo e um maior entendimento da fome da criança.

Para os bebês: previsibilidade, redução do stress, ter suas necessidades atendidas, cochilos mais restauradores e maior segurança.

Uma rotina adequada também significa que, quando a criança estiver fisicamente preparada, ela começará a consumir a maior parte de suas calorias entre 6h / 7h da manhã até 18h / 19h. Isso pode significar muitas vezes dormir cedo e ter um sono noturno de qualidade.

Não esqueça que a qualidade do dia (soneca e rotina alimentar) determina sua noite. Ir para a cama exausto ou não ter sua alimentação adequada durante o dia resulta em diversos despertares noturnos.

Quando – o melhor momento para estabelecer uma rotina

quando estabelecer uma rotina

Voltando para o comecinho da vida, o período da exterogestação, ou seja, nos primeiros 3 meses, o bebê costuma dormir bastante, e tem uma livre demanda – tanto de sono quanto alimentar.

Além disso existem questões como cólica, refluxo, intolerâncias e adaptações da rotina familiar que podem prejudicar estabelecer algo mais fixo nos primeiros meses de vida do bebê.

E está tudo bem.

Não deve haver nenhuma pressão nesse comecinho de vida do bebê, especialmente para que a mãe curta e conheça melhor a criança.

Depois disso, aos 3 meses, já é possível começar a estabelecer um padrão, respeitando um horário para acordar e respeitando a fome do seu filho (que geralmente será alimentado a cada 3 ou 4 horas).

Algumas famílias preferem começar a estabelecer uma rotina dos 4 aos 6 meses. A realidade é que, quanto mais cedo começar, maiores são suas chances de ter uma jornada de sono e alimentação mais consistente, com menores impactos nas regressões de sono, picos de desenvolvimento e outros fatores que interferem na qualidade do sono.

Como – a mão na massa para estabelecer uma rotina

Uma boa dia para iniciar uma rotina é ter um horário fixo para começar e para terminar o dia.

Se você acordar no mesmo horário e ter mais ou menos o tempo que seu filho leva entre uma mamada e outra, metade do caminho de estabelecer uma rotina está superado.

Depois nossa dica é fazer um diário por 7 dias – anotações. Anote tudo. Sinais de sono, horário dos cochilos, quantidade de horas de sono, TUDO.

Assim ficará mais fácil para montar uma agenda e encaixar as mamadas e sonecas durante o dia.

Uma boa ideia para você se guiar – lembrando que é um guia, pois cada criança tem uma necessidade de sono diferente e é preciso analisar caso a caso:

  • Um bebê de 3 meses faz em média 4 cochilos por dia, mama a cada 3 horas. De madrugada mamam de 2 a 3 vezes.;
  • Um bebê de 4 meses faz em média 3 cochilos por dia, e mama a cada 3 horas; De madrugada mamam de 1 a 2 vezes.
  • Um bebê de 6 a 7 meses faz em média 2 cochilos por dia, mama 2 a 3 vezes e tem frutas e refeições sólidas; De madrugada mamam geralmente 1 vez apenas ou não mamam.

Lembramos que tão importante quanto ter o horário do cochilo, sua duração também deve ser mantida de acordo com a necessidade dessa criança.

Alguns precisam de 60 minutos, enquanto outros ficam bem com 40 minutos ou precisam cochilar por 2 horas. Suas anotações vão te ajudar muito nisso.

E então, está pronta para iniciar?

No início dá um pouco de trabalho, mas depois de um tempo, tudo fica bastante natural e fácil de administrar.

Com uma rotina estabelecida, você consegue diminuir a quantidade de colo, aumenta a qualidade dos cochilos e consequentemente do sono noturno. No fim, vale muito a pena.

Se precisar de ajuda no processo, conte com a gente!

Todos os nossos processos de aprendizagem são feitos com carinho. Aqui ninguém vai deixar o bebê no berço chorando sem ser atendido.

Trabalhamos com persistência e orientação de qualidade. Pensando em famílias que precisam estabelecer uma rotina, nós escrevemos um manual, com um passo a passo de tudo que você precisa fazer para melhorar o sono do seu filho e ajustar o dia dele.

Clique e confira o nosso Tripé do Sono Saudável, onde você vai ensinar seu filho a dormir sem deixar chorar, sem precisar desmamar, de forma gentil, natural e respeitosa.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.