fbpx

Nosso blog

Inspire-se nas nossas dicas para o seu filho!

Por que meu filho chora para dormir?

Regressão de sono dos 4 meses

Já falamos muito aqui no blog sobre o choro. Choro excessivo, choro sem motivo aparente, choro do recém-nascido, mas sempre é um assunto que causa muita preocupação para as famílias.

Muitas vezes a criança dorme bem, liga os ciclos de sono, mas para entrar no soninho é uma choradeira.

Vamos falar um pouco sobre isso neste post.

A primeira coisa a fazer é ter um ritual de sono consistente, repetido, todos os dias no mesmo horário e na mesma sequência, com atividades relaxantes como banho, história e massagem. Esse ritual serve para sinalizar que a hora de dormir chegou, baixar o nível de energia da criança e principalmente para ter um momento de interação com a família. Pode ser feito pelo pai, mãe ou um cuidador, desde que seja uma pessoa próxima da criança, mas preferencialmente pelos pais, para aumentar ainda mais o vínculo com a criança.

Se a criança chora logo após o banho porque não gosta da troca, tente mudar um pouco o ritual. Após secar, inclua uma massagem, ligue um ruído branco, entregue um brinquedo na mão da criança e tente tirar o foco do choro. Durante a troca, faça com calma, conversando com a criança, com luz baixa.

E se nada disso funcionar?

Criança chora por diversos motivos e aqui vão alguns para que vocês entendam melhor esse choro:

  • Choro para se acalmar. Sim, algumas crianças choram (pouco) para relaxar. Esse choro para o relaxamento não é desesperado, é algo mais intermitente e é um choro que não dura muito;
  • Choro porque está muito cansada, passou do ponto. Aqui o choro é mais intenso. A criança já apresentou sinais de sono no fim do dia, geralmente não curte muito o banho por causa do cansaço e o efeito vulcânico acontece. É uma explosão de choro, difícil de acalmar. A criança se joga para trás, arqueia as costas, não fica bem nem no berço nem no colo e o ideal nessa hora é manter a calma, falar palavras de conforto, sentar com essa criança no colo e tentar fazer acalmar com carinho e conforto.
  • Choro porque não está preparado para dormir. Aqui a criança curte o banho, está “ligada”, quer brincar, interagir e começa a chorar imediatamente após a mãe diminuir luz ou fazer parte do ritual de sono onde ela sabe que terá que dormir. Também é um choro forte, mas normalmente se a criança sai do quarto ele já diminui. Neste caso, reveja a rotina do dia. Seu filho dormiu demais? Dormiu até muito tarde? Fez alguma soneca após 17h30? A solução aqui é esperar um pouco para tentar fazer seu filho dormir mais tarde.
  • Desconforto. Se o choro acontece todos os dias, investigue refluxo ou alguma alergia alimentar. Veja fralda, nariz, se o intestino da criança funcionou durante o dia ou se comeu algo de diferente.

A dica é manter a calma para entender a necessidade do seu filho, conversar bastante com o pediatra para buscar alternativas para este chororô antes de dormir. Muitas vezes ajustes na rotina já fazem grande diferença. Repare também se existe diferença nos finais de semana (principalmente se os pais trabalham) ou se existe diferença entre o comportamento com a mãe em comparação à outras pessoas. Muitas vezes a criança quer chamar atenção, mas não existe nada fisiológico ou nenhum distúrbio como causas do choro.


Todos os direitos reservados à Maternity Coach. CNPJ 25.462.996/0001-88 • Mantido por FAPNET
Fale no WhatsApp