fbpx

Nosso blog

Inspire-se nas nossas dicas para o seu filho!

O Choro da Criança – Pesadelos

Bebê chorando

O Choro da Criança – Pesadelos

Neste mês estamos falando do choro da criança. Falamos do choro excessivo, de crianças que choram sem motivo aparente e hoje vamos falar dos pesadelos.

Criança tem pesadelo? A resposta é sim! Elas têm pesadelo e algumas passam por episódios de terror noturno também.

Quando um adulto tem um sonho ruim, ela desperta (muitas vezes assustado) e consegue entender aquela situação. Sabe que se trata apenas de um sonho e depois de algum tempo consegue voltar a dormir. Por outro lado, uma criança pequena não tem este discernimento do que é sonho e fantasia. Lembre que elas acreditam em papai noel, fadas, super-heróis, monstros e nos sonhos. Explicar que “foi apenas um sonho ruim”, até para os maiores, pode muitas vezes não ser suficiente para o entendimento da criança.

E como devemos agir nestes casos?

Quando a criança tem um pesadelo, o choro é diferente, é mais forte, existe um medo aparente e certamente quanto mais rápido a ajuda chegar, melhor será a recuperação.

– Mantenha a calma, mas atenda rapidamente;

– Fique com seu filho até que ele volte a dormir;

– Fale palavras de conforto, calmamente;

– Se for necessário, acenda uma luz (bem fraca) para dar mais segurança para a criança.

Não existe uma forma de impedir que a criança tenha pesadelos, mas algumas coisas que acontecem durante o dia podem aumentar a chance do sonho ruim. Desta forma, observe se seu filho passou por alguma destas situações e, neste caso, o ideal é evitar que elas aconteçam:

– Preste atenção nos filmes / desenhos que ele assiste. Desenho não é sinônimo de não ser assustador.

– Livros com ilustrações estranhas ou histórias de monstros também podem aumentar os pesadelos;

– Falta de rotina durante o dia pode deixar a criança insegura e fazer com que tenha sonhos ruins;

– Uma criança que pulou as sonecas e está extremamente estimulada também pode ter uma noite mais conturbada;

– Refeições pesadas e inadequadas, especialmente de noite, podem também aumentar a chance do pesadelo acontecer.

 

Algumas atitudes que podem ajudar:
– Tente oferecer um objeto de transição para seu filho. Ele pode dar segurança e fazer com que a criança fique mais tranquila ao adormecer (obviamente um objeto seguro e se a idade do seu filho permitir ter algo dentro do berço ou na caminha);

– Brinque com ele durante o dia sobre o que é realidade e o que é fantasia. Ensinar a diferença entre o faz de conta e o real pode ajudar muito no entendimento do sonho;

– Tenha um ritual de sono relaxante para que a criança consiga dormir sem chorar e sem ficar muito nervosa.

Comments

Comments are closed.


Todos os direitos reservados à Maternity Coach. CNPJ 25.462.996/0001-88 • Por FAPNET