fbpx

Meu filho não come nada. O que eu faço?

Seu filho cresceu e agora tudo é novo, os cheiros, os sons, o toque, o paladar, tudo é uma novidade e com tudo isso a criança pode desenvolver certos medos que as afastam de novas experiências. O segredo está na rotina, na qual, ao poucos, ela encontra o bem estar e segurança.

A rotina está em todas as situações do dia, vamos falar de uma das mais importantes, a Rotina Alimentar Infantil. Ela é muito importante para criar uma vida saudável e tranquila para seu filho e adicionando o tempero da diversão, por incrível que pareça ela fica ainda melhor.

Sabe como? Vou te contar aqui abaixo:

Dê o exemplo

As crianças adoram a imitar os pais, e não seria diferente na hora da papinha. Quando os pais mostram que o horário de comer é importante e se alimentam de forma correta, naturalmente a criança passa a imitá-los.

Sempre coloque alguma verdura/legume no prato da criança

Chega uma idade que a criança começa a ser muito seletiva com o que vai comer e rejeita muitos alimentos, o que acontece com frequência é que os pais passam a não colocar mais no prato aquela comida rejeitada pela criança. Mas, psicólogos afirmam que mesmo que a criança não queira comer no momento, é bom deixar no prato para mostrar que um dia ela pode querer comer.

Torne os pratos coloridos e divertidos

As comidas são tão ricas em cores e texturas que com um pouco de imaginação é possível criar uma infinidade de coisas com elas. O macarrão pode ser cabelo, a banana pode se tornar um sorriso, o tomatinho os olhos e a cenoura, o nariz e como um passe de mágica aquele prato sem graça se transforma em algo muito divertido. Incentive o seu filho a usar a imaginação e montar coisas divertidas com a comida!

Não ofereça recompensas em troca da refeição

Recompensas, chantagens, ameaças só vão fazer a criança achar que a comida não é o final e sim o meio para ganhar outra coisa ou para não perder outra. Ensinar a importância da alimentação e torná-la algo especial é o que vai fazer a criança se alimentar bem e não comer para ganhar um presente em troca, por exemplo.

Evite ambientes que possam distrair seu filho

O ambiente que a criança vai comer deve ser livre de distrações como a televisão, mas brinquedos que vão fazer parte deste momento como um bonequinho que está com “fome” são bem vindos. O legal é criar espaço que a criança entenda que lá vai ser o cantinho da comidinha e que quando estiver lá é hora de se comer. Os cadeirões ajudam a trazer esse ar para o ambiente. Além de que ele traz segurança e conforto ao bebê e aos pais.

Falando em cadeirões, existem alguns que vale a pena conhecer

Booster

Ele é compacto e portátil, vem com bandeja removível e adapta-se a qualquer assento.

Cadeirão 2 em 1

Esse cadeirão é sensacional porque pode ser usado para crianças de 6 meses a 6 anos, isso mesmo, porque ela é um cadeirão que se transforma em mesinha para brincar

Tradicional

Mas para as mães mais tradicionais o modelo Cherry é uma ótima opção

Cadeirão 4 em 1 Lily

Se você gostou de todas as opções mas não sabe qual escolher, esse talvez seja a melhor, ele além de ser um cadeirão, se transforma em booster, carrinho com volante e brinquedo.

Escolha cadeirões alegres e confortáveis, que vão fazer o momento da papinha gostoso e divertido! Assim como a hora de brincar e dormir, a hora de comer é muito importante!

Esperamos que essas dicas ajudem vocês a melhorar a rotina alimentar de seus filhos e trazer ideias que possam tornar esse momento muita mais gostoso para toda família. Tudo o que cultivamos no começo da vida, pode se prolongar para a vida toda.

Texto escrito pela Econominet, Loja Online onde você encontra linha completa de produtos para seu bebê da marca Baby Style e StarBaby.

Conheça mais produtos no site: econominet.com.br

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.