fbpx

Nosso blog

Inspire-se nas nossas dicas para o seu filho!

E se meu filho não dormir? O que pode acontecer?

bebê chorando de sono

Hoje queria falar um pouco sobre as consequências da privação de sono do bebê e crianças.

Sabemos que o sono é fundamental para o desenvolvimento físico, psicológico, motor e comportamental da criança. Mas além disso, a fadiga crônica, adquirida com a falta de sono adequado por meses ou até anos, resulta em uma criança chorona, pouco cooperativa e com comportamentos difíceis.

E quais são estes comportamentos?

– Irritação;

– Tristeza;

– Emoções bastante exageradas;

– Redução do desempenho em tarefas motoras;

– Demora na recuperação de doenças;

– Prejuízos de memória e de coordenação motora;

– Aumento das chances de pesadelos e terror noturno;

– O sono é extremamente agitado quando dormem.

Tem uma frase do especialista americano Dr. James Mass que é bastante interessante: “O sono exerce um importante papel na preparação do corpo e do cérebro para uma manhã alerta, produtiva e saudável, em termos psicológicos e fisiológicos. Se não dormimos o bastante, colocamos em risco a qualidade da nossa vida, se não a vida em si mesma.”

E quando falamos da saúde física e emocional dos pequenos?

Existem diversos estudos que associam a privação de sono do bebê com o diagnóstico de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Isso acontece porque durante o sono, o cérebro deveria descansar para conseguir reorganizar suas conexões.

Outro impacto das noites mal dormidas é alteração de humor. Pais com privação de sono sabem bem como é difícil se manter o equilíbrio emocional quando estamos exaustos. Imaginem só para uma criança.

Quando dormimos, o cérebro produz endorfina, que é uma substância que dá bem-estar para as pessoas. Se a noite da criança é cortada, se ela não completa os ciclos de sono e obviamente não tem qualidade de sono, a atuação da endorfina fica bastante comprometida.

Obesidade e diabetes também são doenças associadas à privação de sono.

Quando dormimos, existe a regulação do nosso metabolismo. Hormônios como a leptina (que dá a sensação de saciedade) tem sua produção diminuída, e consequentemente a produção da grelina (hormônio que desperta a vontade de comer) aumenta.

Além disso, se há a privação de sono do bebê e da criança, há uma produção maior do que o necessário do hormônio cortisol pela manhã, que estimula a ingestão compulsiva de alimentos e o acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal.

Com o aumento do nível de glicose, o pâncreas precisa trabalhar bastante e essa sobrecarga, com o tempo, pode levar ao diabetes.

A privação de sono do bebê e crianças também pode causar mais cólica e azia nas crianças. Quando o corpo não descansa, ele produz uma grande quantidade de citocina, que é uma substância inflamatória. O sono de qualidade poupa o sistema gastrointestinal dessa substância.

O sistema imunológico também fica mais forte quando a criança dorme bem. Sabemos o quanto é importante esse fortalecimento, especialmente para crianças que começam a frequentar berçário, já que esse contato com outras crianças resulta em diversas viroses.

Enfim não faltam razões para cuidar do sono do bebê. 

Uma criança precisa de boas noites de sono para se desenvolver adequadamente na parte física, motora, cognitiva e comportamental. 

Você tem dúvidas se seu filho dorme o suficiente?

Uma criança maior de 4 meses, desde que tenha nascido a termo, precisa de 10 a 11 horas de sono noturno, sem contar os cochilos do dia.

Nessa tabela, você consegue ter uma ideia do que o seu filho precisa.

tabela com as horas de sono do bebê

Claro que estamos falando de uma média. Uma pequena variação desse tempo de sono é esperada, já que cada bebê tem uma necessidade de sono diferente.

Para ter certeza se o seu filho está ou não precisando de mais horas de sono, é importante observar alguns sinais da privação crônica de sono.

E quais são estes sinais?

  • Crises de choro acompanhadas de mau comportamento;
  • A tendência a ter uma explosão emocional diante das situações diferentes;
  • Hiperatividade;
  • Sono excessivo durante todo o dia;
  • Relutante em levantar de manhã;
  • Alterações constantes do humor;
  • Olheiras ou aparência de cansaço durante o dia (com exceção de quando há desconforto, como febre, diarreia, dores de ouvido, etc);
  • Desânimo ou falta de força para mamar;

Então é importante observar esse bebê.

O comportamento e até mesmo a aparência dele irá te mostrar se seu filho dorme menos do que precisa.

E o que influencia na qualidade de sono da criança?

Existem alguns fatores que mudam o sono do bebê.

  • Rotina adequada (horários para acordar, fazer sonecas, sono noturno, hora para higiene e alimentação);
  • Ter rituais de sono do dia e da noite. É importante para a criança entender o que vai acontecer. Com o tempo e esse entendimento, ela já começa a relaxar logo que o ritual inicia;
  • Algum incômodo como nascimento dos dentinhos, cólicas, gases, dores de ouvido, etc.
  • As regressões de sono, que acontecem aos 4, 6, 8, 12, 18 e 24 meses.

Além disso, mesmo sabendo dormir, algumas crianças possuem diferença no comportamento de sono durante os picos de crescimento e saltos de desenvolvimento.

Veja a tabela abaixo:

Se o seu bebê está passando por dificuldades de sono, não deixe de procurar ajuda.

Cuidar do sono do bebê é tão importante quanto cuidar da sua alimentação.

Até os 4 meses o bebê não tem um padrão de sono definido, mas você pode começar com bons hábitos de sono desde o primeiro dia de vida do seu filho.

E após os 4 meses, para os bebês nascidos a termo e com peso adequado, você pode começar um processo de aprendizagem.

Pensando em realmente ajudar a vida das famílias, nós liberamos a nossa Jornada do Sono do Bebê.

São uma série de vídeos gratuitos que vão te guiar para descobrir os motivos do seu filho dormir mal e também começar um processo de aprendizagem de sono, se você quiser!

Além disso, você pode baixar os nossos ebooks aqui no site. Eles são gratuitos e com muita informação de qualidade para te ajudar nesse processo!

Nos acompanhe também em nossas redes sociais, estamos sempre postando novos conteúdos!

Você já tentou de tudo e precisa de ajuda para entender melhor o sono do seu filho?

Nós temos diversos atendimentos que certamente poderão atender sua necessidade. 

Além da consultoria personalizada, também temos cursos online que podem te ajudar, veja o que é mais adequado para a sua família!

Conheça nossos planos e faça parte desse grupo de milhares de famílias que contaram com a ajuda da Maternity para transformar a maternidade em algo mais leve.

Você não precisa deixar seu filho chorar, nem passar por um processo de desmame para que ele aprenda a dormir.

Aqui trabalhamos com métodos gentis, onde o perfil da sua família e a personalidade do seu bebê são respeitados.

Não sofra mais, dê o primeiro passo para noites de sono com mais qualidade: assista a nossa jornada, visite nossas redes sociais e entenda como resolver de uma vez por todas as dificuldades de sono na sua casa.

Queremos te ajudar! Se você preferir, encaminhe um e-mail para maternitycoach@maternitycoach.com.br, podemos ver juntos qual atendimento é o mais indicado para a sua família.


Todos os direitos reservados à Maternity Coach. CNPJ 25.462.996/0001-88 • Mantido por FAPNET
Fale no WhatsApp