fbpx

Cuidados com alimentação das crianças

A alimentação das crianças é um assunto que tem ganhado grande repercussão nos últimos anos, uma vez que os casos de diabetes e hipertensão aumentaram muito nessa faixa etária.

Com isso, os pais e profissionais que lidam com os pequenos diariamente devem estar sempre atentos, a fim de proverem uma dieta saudável e confortável.

Mas, se você ainda não sabe bem como fazer isso, fique tranquilo, pois aqui falaremos um pouco sobre o assunto, focando na importância de uma dieta saudável.

Sendo assim, se deseja criar crianças felizes e saudáveis, não deixe de conferir este artigo!

Por que se deve cuidar da alimentação das crianças?

Durante um longo período a alimentação das crianças não foi vista como prioridade, especialmente depois que os pais e responsáveis passaram a se preocupar fortemente com o trabalho.

Com isso, se tornou cada vez mais comum encontrar casos de diabetes, hipertensão e obesidade infantil, que se tornaram algumas das maiores preocupações sociais.

Mas, embora muitos ainda não compreendam, todos esses problemas não surgem apenas pela falta de atenção, já que muitas vezes os pais não sabem que os doces corriqueiros são altamente prejudiciais.

É natural que queiramos agradar às crianças, especialmente quando temos pouco tempo com elas, e demonstramos o amor por meio de agrados, como doces e idas à lanchonete favorita.

Mas, prover uma alimentação saudável é também uma demonstração de amor, pois assim se garante que os pequenos fiquem longe de problemas de saúde que afetem sua rotina e vivacidade.

Por isso, se você não havia parado para pensar nesse assunto ainda, este é o momento ideal para reconhecer que o prato das crianças deve sempre ser acompanhado e observado!

Dicas para garantir uma alimentação saudável aos pequenos

No tópico anterior foi possível notar que cuidar da alimentação dos pequenos é uma maneira muito eficiente de demonstrar amor e afeto, mesmo que de forma indireta.

Mas, ainda assim, é notório que esta não é uma tarefa fácil, já que a partir do momento em que a alimentação se tornou prejudicada, é difícil reverter.

Afinal de contas, de que forma você pode convencer o seu filho a substituir o leite com achocolatado pela manhã, por um suco de maçã bem docinho?

É bem provável que no começo ele negue, mas existem algumas dicas que podem tornar esse processo muito mais fácil.

A seguir selecionamos três dicas fundamentais para garantir a alimentação saudável de forma mais simples e que não gere desconforto a nenhuma das partes envolvidas.

Então, aproveite para anotar todas elas, pois certamente serão muito úteis!

1. Acompanhe o dia a dia 

Infelizmente a causa mais comum para o desenvolvimento de uma alimentação infantil prejudicial é exatamente a falta de atenção e acompanhamento dos pais e responsáveis.

Mas, se este é o seu caso, não se culpe, pois é de conhecimento que a rotina agitada torna muito mais confortável oferecer um empanado de frango pronto, do que preparar algo mais elaborado.

Isso sem contar com o fato dos pequenos acabarem não facilitando, já que negam veemente os vegetais, e aceitam rapidamente os embutidos e as frituras.

No entanto, não há forma de resolver o problema, se não por meio do acompanhamento e da paciência, que permitirão a evolução do processo.

De nada adianta nós solicitarmos às crianças que comam uma fruta, se ao virarmos as costas estas optaram por uma barra de chocolate no lanche da tarde.

Pode ser difícil no começo, mas com o tempo os pequenos se acostumaram com as substituições, e assim tudo se tornará mais simples.

Mas, lembre-se: nesse processo você deve estar presente, pois é o seu poder de persuasão que será fundamental para a realização das mudanças!

2. Seja razoável 

Muitos pais cometem um grande erro quando tentam cuidar da alimentação dos filhos, que é optar pelo método mais radical: a retirada de tudo que é doce e calórico.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que o cérebro e o paladar infantil não funciona da mesma forma que ocorre com os adultos.

Por isso, não adianta usar os mesmos métodos, como tirar 100% de doces e incluir todo e qualquer tipo de vegetal e salada.

Mesmo que pareça estranho, os pequenos necessitam de alguns prazeres para viverem com plenitude, e isso envolve a oferta de alguns doces e besteiras de vez em quando.

Não é uma bala após o jantar que prejudicará a saúde de seu filho, e sim um pacote de balas ingerido ao longo do dia.

Por isso, se ele (a) se alimentar bem durante o dia, o que acha de oferecer uma bala ou um pedacinho de chocolate como recompensa?

Dessa forma a criança não se sentirá frustrada, já que saberá que de vez em quando terá acesso aos doces, e ainda aprenderá a controlar a quantidade que come.

O mesmo vale para um fast food de vez em quando, já que 1 vez por mês não trará tanto impacto, e certamente fará a alegria e satisfação da criançada.

Vale ressaltar que existem muitos cursos online que mostram como é possível realizar esse processo de forma confortável e saudável, então vale à pena se inscrever!

3. Faça consultas com profissionais e estude sobre o assunto 

Por fim, a última dica é tão ou até mais importante que as anteriores, já que é só por meio de boas informações que podemos fazer mudanças positivas.

Lembre-se de de nada adianta fazer uma dieta infundada com os pequenos, pois apenas a seleção ideal de alimentos pode lhes prover toda a saúde e bem estar que necessitam no dia a dia.

Para isso, a melhor alternativa certamente é procurar por um profissional nutricionista especializado no público infantil, que saberá avaliar todas as necessidades da criança.

Mas, novamente devemos alertar que os pais e educadores devem fazer parte desse processo, de forma que se faz necessário estudar sobre o assunto.

Um curso online com certificado já é suficiente para obter e confirmar todo o conhecimento necessário para participar do processo.

Então, agora que sabe como iniciar a alimentação saudável das crianças, não deixe de colocar esse plano em prática, pois certamente fará grande diferença para as suas vidas.

Este texto foi originalmente escrito pela equipe do blog Certificado Curso Online, onde você pode encontrar diversas informações sobre vários assuntos.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.