fbpx

As uso das telas e o sono da criança

No post de hoje vamos falar sobre a luz azul, o uso de telas, e seus efeitos no sono das crianças. Essa é a luz liberada dos aparelhos eletrônicos, tão presentes hoje em todas as casas.

Em um momento de isolamento social, onde pais e mães estão trabalhando em casa (e sem rede de apoio), para muitas famílias, o uso das telas aumentou muito… e se tornou uma opção para as crianças ficarem em casa um pouco mais calmas, e deixarem os pais trabalharem.

Jornada do sono

Este artigo foi escrito em setembro de 2018, e era dedicado às famílias com bebês um pouco maiores, geralmente mais do que 2 anos. Na situação de hoje (em junho de 2020), ele é uma fonte interessante para todas as idades, justamente pelo momento que estamos vivendo.

Nos últimos anos ocorreu uma explosão dos dispositivos eletrônicos. E as crianças ficam expostas à estas luzes azuis por muitas horas do dia.

Mesmo as luzes brancas, contém um pouco de luz azul no seu espectro.

Segundo especialistas, apesar de haver benefícios como aumento da atenção e do humor durante o dia, a exposição a luz azul no período noturno dá a informação ao cérebro da criança que não é hora de dormir.

Houve uma descoberta em 2002 que existem sensores nos olhos das pessoas que regulam o padrão sono X vigília, e estes sensores são mais sensíveis à luz azul.

Além disso, um estudo da Harvard Medical School concluiu que a liberação da melatonina também é afetada em grande escala pela exposição a aparelhos eletrônicos.

Portanto, o ciclo circadiano do seu filho pode ser afetado se houver grande exposição à essa luz. Isso acontece pois pode haver uma dificuldade em sincronizar a chegada do sono com a escuridão e a vigília durante o dia.

E o que pode ser feito para minimizar o efeito destas telas?

  • Se você tem abajures ou luzes no quarto da criança de cor azul, troque por luz vermelha ou laranja. Essas são as cores que vão mexer no ciclo circadiano do seu filho;
  • Evite exposição à eletrônicos 2 horas antes do sono noturno;
  • Evite luminosidade excessiva em casa depois de 19h00 – prefira abajur ao invés de luzes fluorescentes;
  • De todos os aparelhos eletrônicos, o que prejudica menos o sono é a TV, já que a criança fica mais longe do aparelho, então sempre que possível, dê preferência à televisão e não aos celulares e tablets;
  • Exponha seu filho à luz natural durante o dia.

Seu filho demora demais para dormir? Pode ser que esteja com dificuldade em regular o ciclo circadiano e certamente pequenas mudanças já podem fazer uma grande diferença na qualidade de sono das crianças.

Nós escrevemos aqui sobre algumas dicas para ajudar seu filho a relaxar e dormir mais rápido, mas além disso, é importante ter uma quantidade saudável de horas de exposição à telas.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.