fbpx

Bebês podem sofrer de insônia? Sim!

Além dos fatores orgânicos, e dos mecanismos que ditam o sono, a insônia dos bebês pode ter causas como medo e ansiedade, especialmente ligados ao stress de ficar separado da mãe. A hora de dormir, é um momento de separação, e, mesmo que fiquem no mesmo ambiente, vai ocorrer a suspensão do olhar mútuo – mamãe e bebê.

Bebê dormindo no colo

Agora vamos pensar que além do olhar, o bebê também ficará longe de estímulos externos que lhe foram oferecidos para ele iniciar o sono, como por exemplo embalo, balanço, tapinhas, canções ou o colo da mãe durante a amamentação.

Estes são só exemplos. Poderíamos citar aqui ainda outros fatores, como andar de carro.

O psiquiatra Wagner Ranña afirma que geralmente os distúrbios de sono da criança estão relacionados à dinâmica da relação da criança principalmente com a mãe, ou com outro cuidador. A mãe representa conforto e bem-estar, alimento e descanso.

Todos os bebês acordam. Os breves despertares fazem parte do desenvolvimento da criança, do amadurecimento do seu sistema nervoso, e a capacidade de voltar ao sono geralmente está ligado à essa primeira entrada no sono.

No primeiro momento a criança experimenta um sentimento de satisfação e de contato forte com a mãe, ou com algum outro cuidador. Geralmente com a mãe esse sentimento de prazer é muito maior. Mas o seu despertar é um episódio de frustração. Não há ninguém ali. Onde está a guardiã do meu sono?

Regressão de sono dos 4 meses

Então o bebê chora e pede por presença, por embalo, ou por qualquer outro estímulo que ele recebeu ao entrar no sono, e passa muito tempo acordado, caracterizando esse processo da insônia. E é por isso que se torna tão importante trabalhar o desenvolvimento do sono do bebê, para que ele tenha autonomia nesse momento de entrar no sono.

E isso não acontece do dia para a noite. É preciso:

– paciência;

– carinho;

– persistência

– e amor.

Temos certeza que não faltará o segundo e o último item dessa lista, porém pela nossa experiência, percebemos o quanto é difícil para uma mãe cansada ter muita paciência e persistir por vários dias.

É aí que entra a necessidade do apoio. Você tem uma rede de apoio? Um companheiro, um familiar, um funcionário? A ajuda é sempre bem-vinda.

Lembre-se que a insônia do seu bebê pode se tornar a insônia da família toda!

Se você está muito cansada, a primeira coisa a fazer é tentar que aos poucos o bebê perceba que, além da mãe, outras pessoas podem também trazer uma sensação de bem-estar. Depois a ideia é começar uma desassociação da alimentação com o sono, e por fim, dos outros estímulos externos.

Pode levar tempo? Sim, mas é perfeitamente possível.

Aqui na Maternity Coach trabalhamos com um método desenvolvido por nós, e pensado de forma que a mãe consiga aplicar, sem sofrimento. Os resultados começam a aparecer no prazo de 10 a 15 dias.

Sabemos o quanto é importante organizar a rotina porque a mãe precisa de um tempo para ela, precisa dormir, precisa viver. Então se o seu filho não dorme, conte conosco.

Aqui você encontra os atendimentos que podemos te oferecer, mas não deixe de nos escrever para contar como está o sono do seu filho, para sabermos com mais certeza qual é a melhor forma de te ajudar.

Vamos analisar com muito cuidado os motivos que fazem seu filho acordar e faremos um plano de sono minucioso, onde você conseguirá seguir o passo a passo e ter sucesso com o sono do seu bebê.

Não há receita pronta, mas há um método que, se adaptado à sua necessidade, funciona!

O primeiro passo é ter a força de vontade de iniciar o processo. Temos milhares de casos de sucesso, e nessa página você poderá ver alguns deles. Leia! Você vai se identificar!

Mande mensagem para a gente, conheça nossos planos e acabe com as noites mal dormidas na sua casa!

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.