Dúvidas Frequentes

Meu filho ficará sozinho no berço chorando para aprender a dormir?
O choro e sofrimento dos filhos é uma das principais preocupações da família. Procuramos usar métodos gentis, onde a personalidade da criança e perfil da família são respeitados. Entretanto em um processo de mudança de hábito, é esperado que a criança proteste (muitas vezes em forma de choro). A Maternity Coach é contra deixar o bebê chorando no berço até dormir de cansaço, porém a forma de atender este choro é o que faz diferença no processo de aprendizagem.

Preciso desmamar meu filho para ensiná-lo a dormir?
De forma alguma. O processo de aprendizagem foca em ensinar seu filho que dormir e mamar são habilidades diferentes.
Precisa-se sempre levar em conta a idade, desenvolvimento e orientação do pediatra para que a necessidade de mamar durante a madrugada seja atendida da forma correta.

O pediatra do meu bebê disse que ele não pode mamar de madrugada. O que eu faço?
Após a aceitação da alimentação sólida, desde que o desenvolvimento da criança esteja adequado para a idade, muitos pediatras solicitam o desmame noturno. De acordo com o perfil de cada família, a Maternity Coach orientará como conduzir o desmame.

Não poderei sair de casa durante o processo de aprendizagem?
No mínimo durante as 3 primeiras semanas, é preciso evitar mudanças bruscas na rotina como viagens, visitas, passeios (principalmente noturnos), adaptação em escola ou com babá, chegada de um irmão e mudança de casa.
Durante o dia, a criança precisa ter seu tempo de sono respeitado. Desde que em segurança, não há problema em mudar o local das sonecas.

Em quanto tempo meu filho vai aprender a dormir?
A aprendizagem traz ótimos resultados se é feita com muito carinho, paciência e persistência, aliados a uma rotina consistente. Não temos como dar um prazo, porém geralmente os resultados aparecem nos primeiros 30 dias. Isso pode levar mais ou menos tempo em função do temperamento do bebê e quanto os pais conseguem seguir o plano durante o processo.

A consultora de sono vai na minha casa?
Nós não fazemos atendimento presencial por dois motivos. O bebê pode estranhar muito ter alguém que não é do seu convívio em sua rotina, e o processo deve ser feito aos poucos, para evitar o choro e respeitar o ritmo de aprendizagem do bebê.
A condução do plano de sono é de responsabilidade da família.

Não tenho ajuda durante a noite. Consigo ensinar meu filho a dormir?
Sim, desde que seja um único bebê. Você vai precisar de bastante persistência e paciência, porém uma pessoa só consegue seguir o plano. Quando o processo de aprendizagem é para irmãos (inclusive gêmeos), a metodologia é diferente.

O que pode atrapalhar a aprendizagem de sono?
Os principais pontos que atrapalham a aprendizagem são as grandes quebras de rotina (como viagens, mudança de casa, troca de uma babá ou de escola, a chegada de um irmão, muitas visitas em casa) ou se a criança ficar doente (neste caso precisamos parar o processo e continuar quando a saúde estiver restabelecida).

É garantido que meu bebê vai dormir?
Não há garantia que seu bebê irá aprender a dormir, já que estamos falando de um bebê e pessoas são imprevisíveis. O que podemos  garantir é um atendimento humanizado durante todo o processo, esclarecendo as dúvidas e explicando os métodos para que a família implemente a aprendizagem com todas as informações necessárias.

Os dentes do meu filho estão nascendo. Posso fazer o processo de aprendizagem?
O nascimento dos dentes faz parte do desenvolvimento da criança. É natural que a criança sinta desconforto durante alguns dias, mas isso não inviabiliza o processo de aprendizagem.

A CONSULTORIA DE SONO E O PAPEL DO CONSULTOR

 

Um consultor de Sono Materno-Infantil certificado não diagnostica, trata, examina ou aconselha como profissional de saúde os seus clientes. O médico ou pediatra deverá sempre ser procurado quando a família tiver questões a respeito da saúde de seu filho.

Antes de iniciar a consultoria de sono é recomendável a visita ao pediatra ou médico de confiança para descartar quaisquer problemas de saúde que a criança possa ter. Caso os pais tenham alguma dúvida ou preocupações sobre a saúde ou bem-estar da criança durante o processo de aprendizagem, o médico deverá sempre ser consultado.

É papel da consultora de sono materno-infantil estudar o questionário enviado e elaborar um plano de sono para seu filho. A consultoria será feita por Skype, e-mail e WhatsApp, de acordo com o plano escolhido. A família será auxiliada por meio de esclarecimento das dúvidas a respeito do sono da criança e sobre todos os passos para a implementação do processo de aprendizagem.

Para que a aprendizagem tenha bons resultados é necessário carinho, persistência e paciência, aliados ao estabelecimento de uma rotina. A consultora de sono ensinará as técnicas/métodos para que a família implemente o plano de sono. Todas as dúvidas e dificuldades devem ser esclarecidas com a consultora para que ela tenha condições de realizar adaptações no plano, se necessário.

Em qualquer processo de aprendizagem ou reeducação de sono, seu bebê precisará ir para o berço ainda acordado em algum momento. Isso é necessário para que ele tenha segurança e tranquilidade para voltar a dormir sozinho quando não conseguir emendar os ciclos de sono durante as sonecas e principalmente no sono noturno. Os métodos aplicados durante a consultoria são gentis, a prioridade sempre será o bem-estar do bebê e vamos prepará-lo para este momento, porém mudanças nos hábitos são necessários para que seu filho melhore o padrão de sono. Ele precisa ter a oportunidade de aprender a se auto confortar. Durante o processo de aprendizagem é importante que os pais entrem em contato com a consultora no mínimo 1 vez por semana para contar o progresso do sono de seu filho, porém o ideal, principalmente nos primeiros dias, é que esse contato seja diário.